Médico da seleção brasileira de tênis de mesa é assassinado na Grande São Paulo

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Vítima foi abordada a caminho de seu carro, no centro de São Caetano do Sul. Polícia investiga de houve tentativa de assalto

Reprodução/Facebook
Dárcio Maurício Correia, médico da seleção brasileira de tênis de mesa

Um dos médicos da seleção brasileira de tênis de mesa foi morto a tiros na noite de segunda-feira (24) no centro de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo.

Leia também:

Vítima atropela e mata suspeitos após tentativa de assalto na zona sul de SP

Dárcio Maurício Correia, 36 anos, chegava a uma academia de ginástica, na rua Rio de Janeiro, localizada no bairro Santa Paula, quando foi abordado e atacado a tiros por dois criminosos, segundo informações preliminares da Polícia Militar. 

Dárcio conversava com um paciente por telefone no momento em que foi baleado. O paciente relatou à polícia que ouviu o médico dizer que estava ferido e que precisava de ajuda.

Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Albert Sabin, mas não resistiu aos ferimentos. A polícia investiga se houve tentativa de assalto, já que os dois celulares e a carteira dele não foram levados. O caso foi registrado na Delegacia Central da cidade.

Edison Temoteo/Futura Press
Médico da seleção brasileira de tênis de mesa foi assassinado no centro de São Caetano do Sul


Leia tudo sobre: igspsão pauloviolênciaseguranãassassinatohomicídio

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas