Implantação da cobrança provocou revolta de caminhoneiros , que depredaram sede do local na última sexta-feira. Trânsito que ficou congestionado no entorno está bom nesta segunda

Depois de uma sexta-feira conturbada na Ceagesp, as vias do entorno do maior entreposto de alimentos da América Latina amanheceram com movimento tranquilo nesta segunda-feira (17). Para os funcionários do local, o trabalho era de tentar recolher os documentos que se salvaram na ação. O cenário na sede do entreposto era de destruição.Há móveis queimados e computadores jogados pelo chão.

A cobrança de estacionamento no local, iniciada na quinta-feira (13) provocou revolta de caminhoneiros, que depredaram a sede do entreposto e atearam fogo no local. Do lado de fora montaram barricadas e incendiaram veículos. Nesta segunda, havia marcas de fogo nas paredes e nas cancelas, e placas destruídas e guaritas com vidros quebrados.

Veja fotos do protesto na Ceagesp:

A cobrança do estacionamento foi suspensa por tempo indeterminado e o entreposto ficou fechado para as vendas do varejo no fim de semana.

Na sexta-feira, dia de movimento intenso na Ceagesp, houve congestionamento no entorno. A avenida Gastão Vidigal, a ponte do Jaguaré e a pista local da Marginal Pinheiros, no sentido Castello Branco, ficaram prejudicadas. Nesta segunda, o movimento estava normalizado na região. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.