SP precisa de dois sistemas Cantareira nos próximos 20 anos, diz jornal

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Estudo do governo aponta necessidade de investir até R$ 10 bi em obras para 2018, 2025 e 2030, segundo a Folha de S.Paulo

Um relatório do governo paulista aponta a necessidade de contrução de represas com capacidade equivalente a dois novos sistema Cantareira para evitar a falta de água no Estado de São Paulo, de acordo com a Folha de S.Paulo desta sexta-feira (14). O documento indica que é preciso investir de R$ 4 bilhões a R$ 10 bilhões nas obras, necessárias para 2018, 2025 e 2030 .

Veja imagens do sistema Cantareira:

Sistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia StavisSistema Cantareira tem o menor nível em duas décadas. Foto: Patricia Stavis

O sistema Cantrareira produz 30 mil litros de água por segundo para atender cerca de nove milhões de habitantes da região metropolitana de São Paulo, além de repassar água no atacado para municípios de outras regiões. O volume de armazenamento do sistema vem batendo recordes negativos desde o fim do ano passado. Na quinta-feira (14), chegou a uma nova marca histórica, de 15,6%.



Leia tudo sobre: igspsão pauloáguaabastecimentofalta de águasistema cantareira

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas