Suspeita de arrastão em condomínio de luxo faz PM fechar quarteirão em São Paulo

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Tentativa de assalto aconteceu na zona sul da cidade. Sete viaturas e vinte policiais foram encaminhados para o local

Uma suspeita de arrastão no edifício Humanari, número 2.073, no bairro Brooklin, na zona sul de São Paulo, fez com que a Polícia Militar (PM) fechasse um quarteirão na rua Guararapes, entre a avenida das Nações Unidas e a rua Sansão Alves do Santos. Sete viaturas foram até o local e vinte policiais fizeram vistoria em todos os andares. Segundo a PM, dois rapazes realizaram o assalto e roubaram dois apartamentos, mas apesar das buscas, ninguém foi detido.

Renan Truffi/iG São Paulo
Suspeita de arrastão na zona sul de São Paulo

Os policiais chegaram a impedir que qualquer pessoa entrasse ou saísse do edifício enquanto a vistoria era feita nos blocos do condomínio, ainda de acordo com informações da PM.

Todos os carros dos três andares de garagem do condomínio foram revistados. Os policiais estavam fortemente armados. 

Leia tudo sobre: suspeitaarrastãocondomínio de luxozona suligsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas