Manifestantes protestaram contra morte de dois adolescentes na cidade de Suzano. Polícia Militar foi recebida a pedradas

Cerca de 300 manifestantes queimaram ônibus, carros e caminhões em protesto contra a morte de dois adolescentes no bairro Miguel Badra, em Suzano, na Grande São Paulo, na noite desta quarta-feira (19), de acordo com a Polícia Militar

Protesto fecha rodovia contra prisão de suspeito de roubo em Campinas

Veículos foram queimados em protesto contra a morte de dois adolescentes em Suzano, na Grande São Paulo
Edison Temoteo/Futura Press
Veículos foram queimados em protesto contra a morte de dois adolescentes em Suzano, na Grande São Paulo






O protesto começou por votla das 18h40. Os manifestantes atearam fogo a dois ônibus, quatro caminhões e dois carros. Policiais militares foram recebidos a pedradas e precisaram pedir o apoio do helicóptero Águia para conter os manifestantes. Uma viatura da PM foi depredada. Um ônibus também foi alvo de depredação. A situação só foi controlada por volta das 3h desta quinta-feira (20). Vinte e um manifestantes foram detidos, a maioria menor de idade, foram detidos e levado ao Distrito Policial Central de Suzano. Pedaços de pedras e de madeiras foram apreendidos. 

Veja imagens de outros ônibus incendiados em São Paulo:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.