Dois coletivos foram incendiados na cidade de Tatuí após morte de adolescente de 15 anos em tiroteio com a polícia

Agência Brasil

A Polícia Militar e a Guarda Civil Metropolitana de Tatuí, interior de São Paulo, escoltaram os veículos escolares que transportavam alunos da cidade na manhã desta quinta-feira (20). O reforço na segurança ocorreu devido ao medo da população, depois de dois ônibus terem sido incendiados por criminosos na noite de quinta (19).

Protesto tem oito veículos queimados e mais de 20 detidos na Grande São Paulo

Veja imagens de ônibus incendiados em São Paulo:

A morte de um adolescente de 15 anos – na tarde dessa quarta-feira, depois de uma troca de tiros com um policial – pode ter motivado o protesto que terminou com os veículos incendiados. A Polícia Militar informou que o jovem atirou no policial, que revidou aos disparos. O PM não ficou ferido.

Mais tarde, por volta das 21h, um ônibus coletivo foi abordado por dois adolescentes, que assaltaram o motorista e depois atearam fogo no veículo. Os adolescentes foram apreendidos.

Um outro ônibus abandonado também foi queimado. Criminosos tentaram atear fogo num terceiro coletivo, mas foram impedidos pela Polícia Militar. Os casos foram registrados na Delegacia Central do município.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.