Guindaste desaba durante obra da linha 5 do Metrô de São Paulo

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Equipamento trabalhava no canteiro de obras do Poço Conde de Itú quando tombou, mas não há nenhuma vítima

Agência Brasil

Fabricio Bomjardim/Futura Press
Estações da Linha 5 Lilás estão sem funcionar desde quinta-feira (13)

Um acidente ocorreu por volta das 18h50 desta sexta-feira (14) no canteiro de obras do Poço Conde de Itu, da Linha 5-Lilás do metrô de São Paulo, entre a Avenida Adolfo Pinheiro e Conde de Itu, na zona sul da capital. Segundo informações da Polícia Militar e do Metrô, um caminhão com guindaste tombou. Não houve vítimas e nem prejuízos às obras.

Após falha, Metrô de São Paulo opera com lentidão

Na última quarta-feira (13), bem próxima a este canteiro de obras, foi inaugurada a Estação Adolfo Pinheiro. A estação, segundo o governo paulista, deve receber cerca de 14 mil passageiros diariamente. Nesta fase inicial, a estação vai funcionar gratuitamente de segunda a sexta-feira, entre as 10h e as 15h, até a Estação Largo Treze.

Na noite de onte, uma falha na rede aérea do metrô fez usuários da Linha 5-Lilás [que liga as estações Capão Redondo e Largo 13] deixarem a composição e passarem a circular pela linha férrea. Hoje (14), a falha ocorrida ontem ainda provocava lentidão e maior tempo de parada entre as estações.




Leia tudo sobre: MetrôigspSão Pauloobras

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas