Balanço da Secretaria de Segurança Pública mostra que 16 pessoas foram presas após os ataques a ônibus na cidade

Agência Brasil

Um homem foi preso nessa quinta-feira (30) após apedrejar e tentar incendiar mais um ônibus coletivo na capital paulista. Segundo balanço da Secretaria de Segurança Pública (SSP), 16 pessoas foram presas depois de ataques a ônibus na capital. Desde o início do ano, 33 coletivos foram incendiados.

Veja imagens de ônibus atacados em São Paulo:

Mais:  Oito ônibus são atacados por dia nas grandes cidades brasileiras, diz jornal

De acordo com a Polícia Militar, o ônibus passava pelo cruzamento da avenida General Asdrúbal da Cunha com a rua Juliante Vigna, no Jardim Arpoador, quando foi parado, por volta das 22h, pelos criminosos.

Uma viatura do Comandos de Operações Especiais (COE), que fazia operação na região da zona oeste da cidade, flagrou o grupo apedrejando o coletivo. Os policiais conseguiram evitar que o veículo fosse incendiado. Eles conseguiram prender um suspeito, que foi levado ao 89º Distrito Policial, no Portal do Morumbi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.