Funcionários desistem de greve no Metrô

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Metroviários cogitavam paralisação porque empresa deixou de cumprir acordo feito com a categoria em 2013

Evaldo Fortunato/Futura Press
Funcionários desistem de greve no Metrô

Em assembleia realizada no Sindicato dos Metroviários, funcionários da Companhia do Metropolitano de São Paulo decidiram suspender a greve, que estava marcada para acontecer a partir das 0h desta terça-feira (28) no Metrô.

Conheça a home do Último Segundo

Mais cedo: Sindicato e Metrô de São Paulo se reúnem para decidir sobre greve

O acordo saiu após reunião no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), na tarde desta segunda (27), quando representantes da categoria e do governo do Estado de São Paulo chegaram a um acordo para evitar a paralisação.

A possibilidade de greve por tempo indeterminado na capital, na Grande São Paulo e na região metropolitana foi decidida em uma assembleia no último dia 23. Os metroviários cogitavam cruzar os braços devido ao não cumprimento do acordo realizado entre a categoria e a Companhia do Metrô em 2013 no TRT.

Mas, de acordo com o sindicato, 1.118 funcionários conseguiram a equiparação salarial que era reivindicada. Além disso, na negociação, foram retiradas pelo Metrô as punições aos trabalhadores do Pátio Capão Redondo, referente ao desconto das horas das reuniões setoriais ampliadas realizadas na Sé.

Por outro lado, um núcleo do TRT vai analisar o caso de outros 840 metroviários que, a princípio, foram considerados pela empresa como “não elegíveis” para equiparação de salário. 

Leia tudo sobre: igspMetrômetroviáriosSão Paulogreveparalisação

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas