Ônibus são incendiados e depredados em protesto contra alagamentos em São Paulo

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Moradores colocaram fogo em pelo menos seis coletivos na zona sul e na zona leste da cidade após chuva

Agência Brasil

Os alagamentos provocados pela chuva na capital geraram protestos em vários pontos da região do Campo Limpo, na zona sul, e também em Itaquera, na zona leste, durante a noite desta quinta-feira (23). Moradores depredaram e colocaram fogo em seis ônibus, informou a São Paulo Transportes (SPTrans). Não houve feridos e ninguém foi detido.

Conheça a home do Último Segundo

O temporal: Chuva provoca alagamentos e derruba parte de casa em SP 

Marcelo Camargo/Futura Press
Após chuva forte, casa desaba e deixa cinco pessoas feridas em São Paulo

Nas proximidades do Córrego Pirajussara, que transbordou ontem pelo segundo dia consecutivo, quatro ônibus da Viação Campo Belo foram alvos da revolta. De acordo com a SPTrans, os veículos foram incendiados nas Ruas Padre Domingos Cunha, Garcia Orta, Estrada Pirajussara e na Barcos Rabelo.

Na região de Itaquera, zona leste, o protesto contra as enchentes, que também atingiram a região terminou com mais dois coletivos do Grupo VIP incendiados. As ocorrências foram na Rua Itajuíbe, no jardim Camargo Novo.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências, ontem, quase toda a cidade permaneceu em estado de atenção durante a chuva. Na zona sul, a principal área afetada, os córregos da região de Cidade Ademar, Campo Limpo e M'Boi chegaram a transbordar.

Leia tudo sobre: igspsão pauloônibus incendiadoviolênciasegurança

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas