Estoque da Fundação Pró-Sangue, em São Paulo, atinge estado crítico

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo a Pró-Sangue, doações caíram 30% em janeiro, que costuma ser um período difícil para os hemocentros

Agência Brasil

O estoque da Fundação Pró-Sangue, que atende mais de 100 instituições públicas da região metropolitana da capital paulista, está em estado crítico. Segundo a Pró-Sangue, as doações caíram 30% em janeiro, que costuma ser um período difícil para os hemocentros, porque as férias escolares, os feriados e as chuvas de verão acabam afastando as pessoas dos postos de coleta.

Conheça a home do Último Segundo

Getty Images
Estoque de sangue estão baixo em São Paulo

Por isso, a Pró-Sangue está convocando doadores de todos os tipos sanguíneos para ajudar a repor os estoques. A instituição está entrando em contato com doadores por telefone, e-mail e mensagens de celular.

Leia também:
Maioria dos doadores de sangue não é voluntária
No Brasil, só 1,9% da população doa sangue regularmente
Quer doar? Veja a lista completa de bancos de sangue no País

Para doar sangue, é preciso que a pessoa tenha de 16 a 69 anos, esteja em boas condições de saúde e pese mais de 50 quilos. Recomenda-se evitar o consumo de alimentos gordurosos quatro horas antes da doação. A ingestão de bebidas alcoólicas tem de ser interrompida 12 horas antes.

Os interessados devem comparecer a um dos postos de coleta com um documento de identidade com foto. Aqui a relação de postos na região metropolitana de São Paulo.

Leia tudo sobre: doação de sanguepro-sanguesão pauloigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas