SP estuda ampliar rodízio para 400 novas vias. Veja quais podem ser incluídas

Por Wanderley Preite Sobrinho , iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo o estudo da prefeitura, a atual área do rodízio, que abrange 150 km de vias, ganharia mais 371 kms

A Prefeitura de São Paulo apresentou nesta quinta-feira (09) um estudo que propõe ampliação do Rodízio Municipal de Veículos (Operação Horário de Pico - OHP) para outros 35 eixos viários - correspondente a 400 novas vias - fora do minianel viário, conhecido como centro expandido. Segundo o estudo, a atual área do rodízio, que abrange 150 quilômetros de vias, ganharia mais 371 quilômetros.

Conheça a home do Último Segundo

Wanderley Preite Sobrinho
Estudo foi apresentado pelo secretário municipal Jilmar Tatto

O novo modelo sugerido será apresentado ao Conselho Municipal de Trânsito e Transporte para ser debatido com a sociedade e especialistas. "Dia 15 de janeiro a proposta será debatida. O conselho é consultivo, mas se a maioria for contrária, nós vamos repensar o modelo. Seria melhor deixar como está. Se o conselho estiver dividido, haverá mais discussão. Vamos fazer com calma", afirmou o secretário municipal Jilmar Tatto, que confia na mudança: "Essa é uma tendência no mundo, portanto tenho a convicção de que o conselho vai aprovar."

A ideia é ampliar o rodízio "para as vias arteriais existentes fora do miniael e, em alguns eixos, incluir trechos com outra classificação viária na restrição para que não haja descontinuidade", explica o documento que apresenta a proposta. Para a prefeitura, o novo modelo de rodízio permite a circulação entre os bairros, já que seria possível transpor ou cruzar as vias restritas.

Entrevista: 'Vamos aumentar a velocidade do ônibus e diminuir a do carro em SP', diz Tatto

Se aprovada, a mudança no rodízio de veículos pode começar nos próximos meses, mas as multas seriam aplicadas apenas após um período de adaptação. Segundo Tatto, a sinalização e radares  - responsáveis pela fiscalização - começariam a se implantados entre março e abril. "Tudo indica que elas (multas) começam a ser aplicadas no primeiro semestre, mas antes vamos educar os motoristas".

O estudo da secretaria ainda espera que, com as medidas implantadas, no horário de pico da manhã, o ganho de velocidade média seria de 8,5%, enquanto a lentidão diminuiria 13%. No geral, a lentidão cairia 20,3% no minianel e nas vias arteriais. Fora do minianel, as filas reduziriam em 3%. Nas marginais, a expectativa é que os engarrafamentos caiam 8,2%.

Reprodução/CET
Área do centro expandido onde hoje opera o rodízio municipal de veículos

"O que pretendemos com a medida é mostrar ao motorista que carro deve ser utilizado em casos de extrema necessidade, já que ele se tornou um problema nas grandes cidades", disse Tatto.

Ainda segundo o estudo, acrescentar mais finais de placas - de dois para quatro - não é a melhor solução, já que o chamado fator de eficiência seria de 1,5, enquanto no modelo hoje proposto esse índice é de 2,3 "que é a maior medida em uma escala em que o modelo atual de rodízio tem 1 de eficiência relativa". 

Veja algumas das avenidas que seriam abrangidas pelo rodízio da cidade:

Zona leste: av. Aricanduva, Radial leste, av. Águia de Haia, av. Jacu Pêssego a Nova Trabalhadores e a av. São Miguel.

Zona oeste: av. Eliseu de Almeida, av. Professor Francisco Morato, av. Lineu de Paula Machado, av. Politécnica e av. Jorge João Saad.

Zona norte: av. Bras Leme, av. Engenheiro Caetano Álvares, av. Inajar de Souza, av. General Edgar Facó e av. General Ataliba Leonel.

Zona sul: av. Jornalista Roberto Marinho, av. Roque Petroni junior, av. Joao Dias, av. Washington Luís, av. Interlagos, av. Robert Kennedy e av. Senador Teotônio Vilela.

Implementado em 1997, a Operação Horário de Pico - OHP restringe à circulação de automóveis entre as 7h e as 10h e das 17h às 20h na área denominada minianel viário. Nesta semana, o rodízio segue suspenso na capital paulista por conta do pouco movimento de fim e início de ano. A restrição volta na próxima segunda-feira (13).

Leia tudo sobre: rodíziorodízio municipalsão pauloigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas