Acidentes causaram 42 mortes em rodovias de SP neste feriado de Natal

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Balanço da Polícia Rodoviária revela que as principais ocorrências foram colisões frontais e atropelamentos

Agência Brasil

Acidentes ocorridos nas rodovias estaduais de São Paulo causaram 42 mortes durante os seis dias do feriado prolongado de Natal – desde a sexta-feira (20) até as 23h59 de ontem (25). No mesmo período do ano passado, foram registradas 44 mortes nas estradas. O número de acidentes, nos 22 mil km de rodovias do estado, diminuiu de 1.332 (em 2012), para 1.272. O número de feridos caiu de 791, no ano passado, para 773, representando 2% a menos. Os dados, divulgados nesta quinta-feira, são da Polícia Rodoviária Estadual.

Conheça a home do Último Segundo

Grave acidente com ônibus deixa mortos e feridos na Régis Bittencourt

Agência Brasil
Sistema Anchieta-Imigrantes registra lentidão ao litoral nesta quinta-feira, dia 26


O levantamento mostra que 20% dos acidentes que causaram mortes decorreram de colisões frontais e mais 20%, de atropelamentos. “Na dinâmica dos acidentes do tipo colisão frontal nota-se imprudência da maioria dos condutores nas ultrapassagens. Já em relação aos atropelamentos, nota-se a falta de prudência dos pedestres no uso das vias, principalmente no que tange à inobservância do correto uso das passarelas para fins de travessia”, destaca o comunicado da Polícia Rodoviária.

A polícia fez 2.205 autuações por ultrapassagem em local proibido e 2.307 por falta do uso obrigatório do cinto de segurança. Foram recolhidos, devido a irregularidades, 1.302 veículos, 518 carteiras de habilitação e 2.006 documentos de veículos. Foram presos, em flagrante delito, 101 condutores pelo crime de embriaguez ao volante, o que representa um aumento de 25% em relação ao ano passado (81 casos). A polícia destaca ainda que apreendeu 713 quilogramas de entorpecentes.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas