Após seis anos, Congonhas inaugura oficialmente nova torre de controle

Por Renan Truffi - iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Com 44 metros de altura, nova instalação tem melhor visibilidade das duas cabeceiras da pista, diferentemente da antiga, que ficava em extremidade e tinha ponto cego

Seis anos depois de ser anunciada, a nova torre de controle do Aeroporto de Congonhas foi inaugurada, oficialmente, nesta terça-feira (17) em São Paulo. Com o dobro do tamanho da anterior, ou seja, 44 metros de altura, a torre fica próxima ao centro do aeroporto e oferece uma visibilidade melhor das duas cabeceiras da pista, diferentemente da antiga, que ficava em uma das extremidades e tinha pontos cegos que impediam a visão de parte do estacionamento dos aviões.

Conheça a nova home do Último Segundo

Nova torre de controle do Aeroporto de Congonhas começa a funcionar

Parada técnica impedem avaliação do novo sistema de navegação aérea

Assista ao pouso em Congonhas do ponto de vista da nova torre de controle:

“Essa tem visibilidade maior do aeroporto”, explica o Coronel Aviador Fernando César da Costa e Silva Braga. Além de maior e melhor posicionada, a torre é quatro vezes mais espaçosa do que a anterior, de 1945. Com isso, o Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo (SRPV-SP) colocou um controlador para trabalhar exclusivamente com voos de helicópteros na região. Isso porque a cidade de São Paulo tem cerca de 900 movimentos de helicópteros por dia e este volume causava, até 2004, arremetidas de aeronaves que tentavam pousar no aeroporto.

Mais sobre helicópteros em São Paulo:

"Voos piratas" aumentam riscos de acidentes aéreos no País

São Paulo passa a ter a maior frota de helicópteros do mundo e adota restrições

Apesar de ser inaugurada somente agora, a torre entrou em funcionamento há sete meses, quando o Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo (SRPV-SP) começou a integrar o trabalho nas duas torres. Agora, até oito pessoas poderão trabalhar simultaneamente no controle de chegadas e partidas dos aviões em Congonhas.

Atrasos

O projeto de construção da nova torre surgiu em 2002, mas só ganhou força em 2008, quando foi prometida pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) por conta do acidente com o Airbus da TAM, que matou 199 pessoas, em 2007. A obra, no entanto, só teve início, de fato, dois anos depois.

Leia também:
Acidentes aéreos mataram 3,5 mil em 460 tragédias registradas no Brasil
Fotos, caixas-pretas e detalhes dos 30 maiores desastres da aviação brasileira
Tragédia da Gol destrava investimentos e espaço aéreo fica mais seguro no País

A promessa era de que ficasse pronta em 2010, mas a Infraero só comprou os equipamentos necessários em 2011 e eles levaram mais um ano para ser instalados. Mesmo com o projeto da nova torre, a antiga chegou a passar por reformas. Apesar da inauguração de um novo espaço, a torre antiga não será demolida nem transformada porque o aeroporto é tombado pelo patrimônio histórico.

Nova torre de controle de Congonhas fica próxima ao centro da pista. Foto: Renan Truffi/iG São PauloVista da nova torre de controle de Congonhas. Foto: Renan Truffi/iG São PauloNa nova torre, controladores conseguem ver parte do estacionamento. Foto: Renan Truffi/iG São PauloTorre tem 44 metros de altura, é o dobro da torre antiga. Foto: Renan Truffi/iG São Paulo

*Com informações da Agência Estado

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas