Polícia prende dois suspeitos de roubo de carga em Cumbica

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Imagens do circuito de segurança do depósito flagraram o vigilante cumprimentando um dos assaltantes. Empresário estaria com a quadrilha na invasão, segundo polícia

Agência Estado

A Polícia Civil prendeu na última terça-feira (10), em Guaianazes, na zona leste de São Paulo, dois envolvidos em um assalto ao depósito de mercadorias do terminal de cargas do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos. O roubo aconteceu em setembro deste ano. Devido às investigações, o caso só foi revelado na manhã desta segunda-feira (16).

Conheça a nova home do Último Segundo

Edu Silva/Futura Press
Polícia Civil investiga o crime. Até o momento, ninguém foi preso

Policiais detiveram um empresário do ramo de eletroeletrônicos e um dos vigilantes que estava em serviço no dia do assalto. Segundo o delegado Alberto Pereira Matheus Júnior, titular da 2ª Delegacia de Investigações sobre Roubos de Cargas (Divecar) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), a quadrilha contou com o assessoramento do empresário Alexandre José de Lima, de 32 anos, que indicou os principais produtos a serem levados.

Com o empresário, os policiais apreenderam dois carros, um Porsche Cayenne e um Hyundai Tucson. Na casa do segurança foi encontrado um revólver calibre 38 e munição.

Mais: Roubo milionário em Cumbica revela esquema frágil de segurança nos aeroportos

"O empresário estava junto com a quadrilha durante a invasão. Ele escolhia qual carga era interessante", informou o delegado Matheus Júnior. As apurações também revelaram a colaboração de um segurança de 25 anos. Imagens do circuito de segurança do depósito flagraram o vigilante cumprimentando um dos assaltantes. Ao perceber a gafe, ele levanta as mãos como se estivesse sendo ameaçado.

Os policiais identificaram um terceiro envolvido, apontado como o líder do crime. As investigações indicam que, pelo menos, 10 pessoas participaram do roubo.

Leia tudo sobre: roubocumbicaaeroportoprisãosuspeitosigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas