Um dos responsáveis pela construção também foi indiciado. No acidente, em agosto, 10 operários morreram

Agência Estado

A Polícia Civil indiciou o proprietário e um dos responsáveis pela construção do edifício comercial que desabou em São Mateus, na zona leste da capital paulista, sob suspeita de desabamento doloso (quando há intenção). No acidente, em agosto, dez operários morreram.

Conheça a nova home do Último Segundo

Desabamento de prédio na zona leste de São Paulo deixou 10 operários mortos
Wesley Rodrigo/ Futura Press
Desabamento de prédio na zona leste de São Paulo deixou 10 operários mortos

Prédio em construção desaba e deixa mortos na zona leste de São Paulo

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), o proprietário Mostafá Abdallah Mustafá foi indiciado na quarta-feira (11), e Alberto Alves Pereira na quinta-feira (12).

O prédio em São Mateus ruiu quando trabalhadores se preparavam para o café na manhã do dia 27 de agosto. Havia pelo menos 35 pessoas no local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.