Polícia prende suspeitos de vandalismo durante protesto na Fernão Dias

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Em outubro, durante manifestação, pessoas saquearam e atearam fogo em cinco caminhões e três ônibus

Agência Estado

A Polícia Civil prendeu na manhã desta segunda-feira (9), 22 pessoas suspeitas de envolvimento em atos de vandalismo na rodovia Fernão Dias no dia 28 de outubro. Na ocasião, a via foi interditada e veículos foram incendiados.

Conheça a nova home do Último Segundo

Beto Martins/Futura Press
Grupo ateia fogo em caminhões durante o protesto contra a morte do garoto Douglas, na rodovia Fernão Dias

Além das prisões, a polícia encontrou na casa de um dos suspeitos uma moto com placa adulterada, drogas e objetos de lojas saqueadas na ocasião do protesto.

Leia também: Manifestantes colocam fogo em caminhões e bloqueiam rodovia Fernão Dias

Em outubro, uma manifestação bloqueou por mais de três horas os dois sentidos da rodovia Fernão Dias, na altura do quilômetro 86, na zona norte da Capital. Manifestantes saquearam e atearam fogo em cinco caminhões e três ônibus.

Mais: Detidos durante manifestação na Fernão Dias são liberados

O tumulto na estrada federal fez com que o secretário estadual da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, ligasse para o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para estabelecer uma "ação conjunta". Na época, noventa pessoas foram presas e um homem foi baleado.

O ato, organizado por moradores da Vila Medeiros, protestava contra a morte de um adolescente de 17 anos por um policial na tarde de 27 de outubro.

Leia tudo sobre: rodovia fernão diassuspeitosvandalismoprisõesigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas