Policial é baleado durante tentativa de assalto a shopping na zona sul

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Policial foi baleado no momento em que os bandidos tentavam fugir, já do lado de fora do estabelecimento

Agência Estado

Tiago Mazza/Futura Press
Todas as lojas do shopping estão fechadas

Um policial foi baleado durante assalto a uma loja de artigos de surfe no Shopping Plaza Sul, no Jardim da Saúde, zona sul de São Paulo, na tarde desta segunda-feira (25). Inicialmente, a Polícia Militar havia informado que os ladrões tinham invadido uma joalheria, informação negada por comerciantes. O policial baleado foi levado para o Hospital São Paulo, também na zona sul, e não corre risco de morrer, segundo a PM.

A loja alvo da ação foi a Surfer's Paradise, localizada no piso Imigrantes do shopping, no andar térreo. Segundo o gerente do estabelecimento, que preferiu não se identificar, o bando era formado por seis jovens, aparentando ter entre 17 e 23 anos. Pelo menos três deles estavam armados.

"Cinco entraram na loja e um ficou do lado de fora. Eles pediram para provar algumas roupas, mas logo depois anunciaram o assalto. Antes mesmo, fiquei desconfiado e fui chamar um vigilante. O comparsa que estava do lado de fora avisou aos outros que os seguranças estavam vindo e foi aí que começou a confusão", disse.

Segundo o gerente, os bandidos levaram 60 óculos de sol, relógios, camisetas, bermudas, pares de tênis e uma pequena quantia em dinheiro que estava no caixa. "O maior prejuízo mesmo foi com os óculos, porque cada um custa entre R$ 500 e R$ 600", conta.

Ainda de acordo com o gerente, um dos clientes da loja foi agredido. "Um rapaz e três moças estavam entrando na loja e um dos ladrões deu um empurrão no rapaz e disse que estava acontecendo um assalto. O cliente achou que era brincadeira e nem ligou, mas o assaltante ficou nervoso e deu um tapa na cara dele", diz.

A assessoria do shopping afirmou que o policial foi baleado no momento em que os bandidos tentavam fugir, já do lado de fora do estabelecimento. Segundo o centro comercial, "o local foi fechado temporariamente para ação investigativa da polícia", mas "não houve outros feridos, nem foram feitos reféns".

Tensão

A assessoria da PM não sabe informar se havia reféns no shopping. Policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) foram enviados ao local. Até as 19 horas, o estacionamento do centro comercial continuava fechado e os clientes só podiam deixar o local a pé. A suspeita é de que dois ladrões do bando ainda estivessem no local.

Segundo uma vendedora de uma loja de sapatos do shopping, Vanessa Regina Damasio, todos os pontos de venda estavam fechados. "Vimos gente correndo e muitos policiais. Nossas portas estão fechadas e os clientes estão dentro. Não sabemos o que está acontecendo", disse Vanessa, que estava trancada.

Conheça a nova home do Último Segundo

De acordo com uma vendedora de uma loja de sapatos do shopping, Vanessa Regina Damasio, todas as lojas estão fechadas. "Vimos gente correndo e muitos policias. Nossas portas estão fechadas e os clientes estão dentro. Não sabemos o que está acontecendo", disse Vanessa, que está trancada.

Leia tudo sobre: GERALigspassaltoPMRotashoppingjoalheriaShopping Plaza Sul

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas