Homem enfarta e morre durante abordagem da PM no interior de São Paulo

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

O construtor João Aires dos Santos, de 56 anos, morreu de enfarte durante uma abordagem de policiais militares, no final da tarde de sexta-feira (22), em Sorocaba

Agência Estado

O construtor João Aires dos Santos, de 56 anos, morreu de enfarte durante uma abordagem de policiais militares, no final da tarde de sexta-feira (22), em Sorocaba. Os policiais invadiram a casa do irmão do construtor, Genivaldo Aires, no bairro Jacutinga, zona norte da cidade, à procura de armas.

Conheça a nova home do Último Segundo

De acordo com uma advogada da família, os policiais não tinham mandado judicial e, quando foram questionados, teriam hostilizado o construtor. Ela passava orientações por telefone ao cliente e ouviu os policiais gritarem com ele, alegando que estava obstruindo a justiça. De repente, segundo a advogada, Santos parou de falar e ela ouviu um barulho. Em seguida, a sobrinha da vítima contou que ele havia caído. Levado pela família a um pronto-socorro, o construtor acabou morrendo. Os médicos diagnosticaram o enfarte. A advogada vai processar o Estado.

O comando da PM informou que os policiais receberam uma denúncia anônima sobre duas armas que estariam enterradas na residência e receberam autorização da própria família para revistar a casa. O construtor, que mora próximo, chegou e passou a discutir com os policiais. Na revista, nada foi encontrado. Em nota, a PM afirma que a ação foi "absolutamente legítima" e que instaurou "investigação preliminar para analisar o conteúdo da denúncia apresentada".

Leia tudo sobre: igspviolênciasegurançasorocaba

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas