Polícia Civil prepara operação para fazer  reconstituição do caso Joaquim

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Delegado não confirma quando será a data, mas existe a possibilidade de que simulação aconteça nesta quinta

Agência Estado

A Polícia Civil de Ribeirão Preto, cidade a 313 km de São Paulo, está preparando uma megaoperação para fazer a reconstituição do desaparecimento de Joaquim Marques Ponte, três anos. O delegado Paulo Henrique Martins de Castro, que coordena a investigação, não disse quando será feita a reconstituição, mas existe a possibilidade de que seja realizada nesta quinta-feira (21).

Conheça a nova home do Último Segundo

Relembre os crimes que chocaram o Brasil

Futura Press
Corpo do menino Joaquim foi encontrado no último dia 10

A mãe do garoto, Natália Ponte, de 29 anos, e o padrasto e principal suspeito da morte, Guilherme Longo, de 28, estão presos desde o dia 10, quando o corpo foi encontrado no Rio Pardo, em Barretos. A reconstituição será feita em duas etapas, com a mãe do menino e o padrasto sendo levados em separado ao local.

Leia também: Polícia tem lista de ligações feitas pela mãe de Joaquim

De acordo Castro, a área onde fica a casa do garoto será totalmente isolada. A ação acontecerá com o apoio da Polícia Militar e de órgãos ligados ao setor de trânsito.

*Com informações da Agência Estado

Leia tudo sobre: GERALigspjoaquimnatália pontesguilherme longopadrasto

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas