Mãe de Joaquim prestará novo depoimento

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Depoimento acontecerá nesta quinta-feira (14), em Ribeirão Preto. Ontem, padrasto afirmou ter usado insulina do menino para conter vontade de usar cocaína

Agência Estado

A psicóloga Natália Ponte, de 29 anos, mãe do menino Joaquim, 3, encontrado morto em rio, no domingo (10), após seis dias desaparecido, deixou na manhã desta quinta-feira (14), a Cadeia Feminina de Franca, onde está presa, e foi levada para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Ribeirão Preto (SP), local em que prestará novo depoimento à tarde. Antes disso, alguns de seus familiares tentaram, sem sucesso, visitá-la na cadeia.

Conheça a nova home do Último Segundo

Futura Press
Joaquim Ponte Marques, de 3 anos, estava desaparecido desde a última terça-feira (5). Ele foi encontrado morto no início da tarde do último domingo

Natália vai falar à polícia um dia após seu companheiro, o técnico em informática Guilherme Longo, de 28 anos, prestar novo depoimento. Ele negou ter participado da morte da criança e as agressões e ameaças relatadas pela mulher, que agora novamente será indagada a esse respeito pelo delegado Paulo Henrique Martins de Castro. Por enquanto, uma acareação entre o casal está descartada.

Leia também:
Padrasto nega participação em morte do menino Joaquim
Pescador diz que viu homem jogar em rio corpo que poderia ser de Joaquim

No depoimento, o padrasto afirmou que usou a insulina do menino para conter a vontade de usar cocaína - o suspeito é viciado em drogas. "Em uma situação de desespero, em um dia em que ele trocou seu celular por quatro cápsulas de cocaína, passando o efeito, e se autoaplicou 30 doses", disse o advogado Antônio Carlos de Oliveira.

"Nada muda nas investigações, continuamos com a tese central que coloca Guilherme saindo de casa e jogando a criança no rio", afirmou o delegado Castro, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

Leia tudo sobre: joaquimsão paulo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas