Suspeita é que chamas começaram em academia de ginástica recém-inaugurada; vias foram interditadas e CET recomenda aos motoristas que evitem trafegar pela região

Um incêndio de grandes proporções atingiu um prédio no centro de São Paulo na madrugada desta sexta-feira (08), por volta da 1h. O edifício, de 25 andares e 146 apartamentos, fica localizado na esquina da avenida Ipiranga com a rua do Boticário. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, 45 viaturas e cerca de 150 homens foram enviados ao local para atender vítimas e orientar moradores. 

Conheça a nova home do Último Segundo

Vejo ao Vivo: Acompanhe câmeras ao vivo na região da Av. Ipiranga

Apesar de já ter sido controlado, ainda havia focos de incêndio na manhã desta sexta. Uma vistoria deve ser realizada após o rescaldo para apurar a origem do fogo. 

Cem pessoas foram resgatadas do prédio e 30 foram conduzidas para hospitais com intoxicação. Entre elas, um homem de 81 anos retirado inconsciente do quarto andar. As vítimas foram encaminhadas aos hospitais Vergueiro, Santa Casa e Instituto da Criança.

Incêndio em Santa Maria: relembre a tragédia da boate Kiss

Pelo mundo:  Incêndios que provocaram tragédias em boates 

No andar inferior do prédio funcionam lojas de comércio, incluindo uma unidade da academia de ginástica Smart Fit recém-inaugurada, suspeita de ter iniciado o incêndio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ela funcionava irregularmente. Nos andares superiores, os apartamentos são residenciais. 

A direção da Smart Fit afirmou em nota divulgada esta manhã que "está em contato com autoridades para identificar as causas e poderá prestar mais esclarecimentos quando tiver informações suficientes".

Assista ao vídeo com imagens do incêndio:

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Jair Paca de Lima, o edifício é ocupado por estrangeiros, entre eles chineses e bolivianos, o que complicou o trabalho de resgate pela dificuldade de comunicação. Parte da estrutura do edifício foi abalada.

Durante a madrugada, moradores de prédios vizinhos tiveram que sair às pressas de seus apartamentos por causa da fumaça, que se espalhava rapidamente pela região. Havia muitas crianças nos apartamentos. "O fogo começou muito rápido, um cheiro de borracaha queimada, fumaça quente. Foi muito, muito triste", afirmou uma das vítimas à TV Globo. 

SP: Incêndio em armazém de açúcar faz caramelo inundar ruas no interior 

Trânsito

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) pede para os motoristas evitarem a região do centro. A avenida Rio Branco, interditada na madrugada junto à Rua dos Timbiras, no sentido bairro, foi liberada por volta das 10h. 

Às 10h50, a pista da esquerda da Avenida Ipiranga tinha duas faixas interditadas, na altura da avenida Rio Branco.

Trinta linhas de ônibus que passam pela região tiveram itinerário alterado devido à interdição.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.