Casal gay sofre agressão na rua Augusta

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Vítimas sofreram cortes na cabeça e escoriações pelo corpo; suspeitos portavam canivete e bastão com pregos

Três homens e uma mulher foram detidos sob suspeita de agredir um casal homossexual na madrugada desta quarta-feira (6) na rua Augusta, centro de São Paulo. As vítimas sofreram cortes na cabeça e escoriações pelo corpo e foram levadas ao pronto-socorro do Hospital das Clínicas. 

Conheça a nova home do Último Segundo

As vítimas da agressão são dois homens, de 23 e 43 anos. Eles contaram à polícia que esperavam um táxi na frente de um bar quando começaram a ser agredidos verbalmente e atacados com mochiladas na cabeça. Um segurança abriu a porta do local para protegê-los.

Edison Temoteo/Futura Press
Armas usadas na agressão contra casal gay na rua Augusta

O casal chamou a polícia e passou a descrição dos suspeitos. Quatro suspeitos, que segundo a polícia são skinheads, foram localizados. Durante a revista, policiais militares encontraram na mochila de um deles uma arma de luta marcial e um bastão de madeira com parafusos. A mulher portava na bolsa um canivete e uma faca. Os materiais foram apreendidos para perícia. O caso foi registrado no 78º Distrito Policial, dos Jardins, como lesão corporal e injúria.

As vítimas reconheceram dois agressores, mas optaram por não pedir abertura de inquérito sobre o caso. Todos os suspeitos foram ouvidos e liberados. 

Leia tudo sobre: igspgayviolênciaintolerânciahomossexualidadeskinheads

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas