Na zona sul de São Paulo, MPL faz protesto por melhoria no transporte público

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Manifestação faz parte da "Semana de Luta por Transporte Público", que já é realizada pelo grupo desde 2005

Agência Estado

Marcos Bezerra/Futura Press
Protesto do MPL no Grajaú

Com o apoio e a participação de integrantes do Movimento Passe Livre (MPL), moradores da região do Grajaú e de Varginha, na zona sul de São Paulo, realizam nesta quarta-feira (23), um protesto por melhorias do transporte. A manifestação começou por volta das 18h na avenida Belmira Marin. O objetivo do ato é exigir a volta das linhas de ônibus diretas bairro-centro, a criação de linhas circulares entre os bairros e a extensão da Linha 9-Esmeralda da CPTM até Parelheiros.

Conheça a nova home do Último Segundo

Protesto afeta trânsito na zona sul da cidade. Veja em câmera ao vivo

De acordo com a Polícia Militar, não houve registro de violência ou confronto. Uma pequena confusão ocorreu porque alguns perueiros tentaram impedir que os manifestantes fechassem todas as faixas da avenida Senador Teotônio Vilela. Uma catraca foi queimada pelos manifestantes, mas a situação se normalizou em seguida.

O protesto desta quarta-feira faz parte da "Semana de Luta por Transporte Público", que já é realizada pelo MPL desde 2005. A semana de luta é celebrada este mês por conta dos atos do dia 26 de outubro de 2004, conhecidos como "revolta da catraca". Na época, o MPL conseguiu a aprovação do passe livre para estudantes de Florianópolis. "Hoje, nós não lutamos mais para o passe livre dos estudantes, porque entendemos o transporte como um direito. E ele deve ser para toda a população", afirmou Caio Martins, integrante do grupo.

Principal alvo dos black blocs é a Copa do Mundo, diz pesquisadora

Este ano, a Semana de Luta por Transporte Público teve início na segunda-feira (21) com um protesto na Estrada do M'Boi Mirim. Além do ato de hoje, o grupo pretende apoiar uma manifestação nesta quinta-feira (24) no Campo Limpo. A ideia do movimento é encerrar a semana com atos pela tarifa zero na sexta-feira (25) em mais de 20 cidades do Brasil.

Vídeo anônimo

Um vídeo que mostra trabalhadores da região do Grajaú retratando as dificuldades de ir e voltar do trabalho com o transporte público circula no YouTube como forma de apoio ao ato desta quarta-feira. Segundo Martins, o documentário, que está sendo disseminado pelo MPL, não tem assinatura. "É um vídeo da humilhação coletiva. A assinatura é de quem sofre com o transporte", explica. De acordo com o MPL, em junho, a região do Grajaú viveu protestos contra o aumento da passagem com milhares de pessoas. "A manifestação de hoje dá continuidade àquela luta, dizendo que 20 centavos foi só o começo", afirmou, em nota, o grupo.

Leia tudo sobre: GERALigspprotestomanifestaçãoMPLtransporte públicoGrajaúPasse Livre

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas