Após quatro horas, manifestantes encerram protesto na zona sul de São Paulo

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Manifestação bloqueou estrada do M'Boi Mirim das 4h50 às 9h para pedir retorno de linhas de ônibus coletivos

Agência Brasil

O protesto que interditou a Estrada do M’Boi Mirim, no extremo sul de São Paulo, às 4h50 desta segunda-feira (21) terminou por volta das 9h. Os cerca de 300 manifestantes se dispersaram no Largo do Socorro, segundo a Polícia Militar.

Conheça a nova home do Último Segundo

Manifestantes fazem barricadas de pneus com fogo na av. M'Boi Mirim. Foto: Alice Vergueiro/Futura PressEstrada do M'Boi Mirim ficou bloqueada das 4h50 as 9h. Foto: Luiz Claudio Barbosa / Futura PressMoradores pediram a reativação de linhas de ônibus que foram suspensas. Foto: Luiz Claudio Barbosa/Futura PressManifestantes se dispersara ao chegar no Largo do Socorro. Foto: Luiz Claudio Barbosa/Futura PressManifestantes pedem duplicação da estrada, executada até o Temrinal Jardim Ângela. Foto: Luiz Claudio Barbosa/Futura Press

Os manifestantes pediam o retorno de mais de dez linhas de ônibus coletivos que servem a região e foram suspensas pela São Paulo Transporte (SPTrans). e a duplicação da Estrada do M’Boi Mirim. De acordo com André Ciola, integrante do Movimento Passe Livre, as obras foram realizadas apenas até o Terminal Jardim Ângela.

Os manifestantes reivindicam, além disso, mais qualidade no transporte público. "O pessoal está cansado de andar de pé no ônibus lotado, que demora para chegar no ponto, demora para chegar do ponto até o destino e você tem que descer várias vezes do ônibus e pegar outro", disse Ciola.

A Agência Brasil entrou em contato com a SPTrans e não obteve resposta até a publicação deste matéria.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas