IPVA em dez vezes sem juros é aprovado pela Assembleia de SP

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Para virar lei, projeto precisa da sanção de Alckmin; opção atual dividir o pagamento em, no máximo, três parcelas

Agência Estado

Futura Press
Projeto pode ajudar a reduzir a taxa de inadimplência, que é de 5%

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aprovou o parcelamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em até dez vezes sem juros para veículos do Estado nesta quarta-feira (16). Atualmente, os motoristas têm a opção de pagar à vista ou dividir em, no máximo, três vezes. Para virar lei, o projeto precisa da sanção do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Conheça a nova home do Último Segundo

De autoria da deputada Beth Sahão (PT), a proposta tramita desde 2006 e passou em plenário após acordo entre as lideranças. Em sua justificativa, a petista sustenta que o projeto de lei pode colaborar para a redução da taxa de inadimplência, que hoje fica em torno de 5% ao ano, de acordo com a Secretaria de Estado da Fazenda. "Além de ter um valor elevado, o tributo deve ser pago em poucas vezes, logo no começo do ano, época em que grande parte das pessoas estão às voltas com inúmeras despesas", diz. 

Leia tudo sobre: GERAL

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas