Manifestação interrompe circulação de trens da linha 12 da CPTM

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Circulação foi interrompida entre estações Brás e São Miguel por motivos de segurança. Paese foi acionado

Um grupo de manifestantes interditou a circulação de trens da linha 12-Safira da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) entre as estações São Miguel e Ermelino Matarazzo, na zona leste da capital, no final da tarde desta quinta-feira (17). De acordo com informações da companhia, trens entre as estações estão parados por motivos de segurança.

Conheça a nova home do Último Segundo
Mais: Após cinco horas, termina protesto de sem-teto em São Paulo

Futura Press
Protesto interrompe circulação de trens da Linha 12 da CPTM no final da tarde desta quinta-feira (17)

Segundo a Polícia Militar (PM), cerca de 150 moradores da comunidade Pantanal protestaram contra uma reintegração de posse marcada para novembro. O grupo também interditou com objetos incendiados a rua Doutor Assis Ribeiro, no bairro do Cangaíba, na altura da rua Caucásica.

Por volta das 18h, a Polícia Militar usou bombas de efeito moral para liberar a via e a linha férrea e, em resposta, os manifestantes colocaram fogo em galpão. Os bombeiros foram para o local para controlar o fogo.

O Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese) foi acionado, mas encontrou dificuldades em atender os usuários entre as estações Brás e São Miguel, devido ao bloqueio das ruas da região.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) recomendou que os motoristas evitem a região. Alternativas para os motoristas que seguem no sentido do bairro são as avenidas Paranaguá, Abel Tavares e São Miguel. Já aqueles com destino ao Centro podem optar pela rua Custódia de Lima e avenida São Miguel.

Leia tudo sobre: protestomoradores favelaigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas