Entre atrações do dia de Nossa Senhora Aparecida estão a recitação do terço via satélite e uma mensagem do papa

O Santuário de Aparecida, interior de São Paulo, deve receber neste sábado 150 mil fiéis, enquanto vive a expectativa da confirmação da nova visita do papa Francisco , em 2017. Na ocasião, será comemorado o jubileu de 300 anos do aparecimento da imagem de Aparecida no Rio Paraíba do Sul.

Conheça a nova home do Último Segundo

Neste sábado, às 14 horas, os fiéis em Aparecida acompanharão, via satélite, a recitação do terço e uma mensagem do papa direto de Roma. Santuários de Washington, nos EUA, Nairóbi, no Quênia, Lourdes, na França, e Akita, no Japão, entre outros, também participarão da rede.

A programação começou à 0h, com uma vigília que se estendeu até as 4h30, e termina após a última missa, marcada para começar às 21 horas.

Veja fotos das comemorações do dia de Nossa Senhora Aparecida:

Para garantir a segurança dos fiéis, a Polícia Militar montou um esquema especial com 850 homens. A Operação Romeiro inclui, além de Aparecida, os municípios vizinhos de Cachoeira Paulista e de Guaratinguetá.

Os policiais contarão com 83 viaturas e um helicóptero do Grupamento de Radiopatrulha Aérea de São José dos Campos. Os trabalhos terão o reforço de equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar Rodoviária.

Expectativa para 2017

Apesar de a visita do papa Francisco em 2017 ainda não ter sido confirmada, os preparativos já começaram. A ideia é que a cúpula central da Basílica seja revestida por 5 milhões de pequenas peças, que formarão um imenso mosaico de 2 mil metros quadrados. As peças virão da Itália.

O desenho da obra de arte, do artista plástico Cláudio Pastro, retrata a beleza da criação e remete aos peregrinos que visitam Aparecida para renovar a fé. Os pilares que sustentam a cúpula serão revestidos com azulejo. A Igreja espera investir R$ 5 milhões em doações para as obras.

A população de Aparecida vive a expectativa para a festa dos 300 anos do aparecimento da imagem desde o ano passado.

Durante a semana, em diversos pontos da Rodovia Presidente Dutra, que liga São Paulo ao Rio, era possível encontrar os peregrinos. Na região do Vale do Paraíba, grupos católicos montaram bases de apoio para atender aos romeiros que iam a Aparecida.

Com Agência Estado e Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.