Manifestantes destruíram três veículos e saquearam mercado; ninguém ficou ferido e não houve detidos

Três ônibus foram incendiados na noite de quarta-feira (10) durante uma manifestação de moradores na região de Raposo Tavares, zona oeste da capital. Eles protestavam contra um corte do abastecimento de água na comunidade Serra Pelada.

Conheça a nova home do Último Segundo

Moradores protestaram contra corte no abastecimento de água
Marcos Bezerra/Futura Press
Moradores protestaram contra corte no abastecimento de água

Segundo a Polícia Militar, às 19h30, os manifestantes interditaram as ruas José Porfírio de Sousa e Engenheiro Hugo Takahashi, onde colocaram fogo em três ônibus e saquearam um minimercado.

Leia também:
Protesto de estudantes termina em confronto e depredação em SP
Manifestantes jogam tinta no Monumento às Bandeiras 
Colunas do Masp são lixadas após pichação durante protesto 

O Corpo de Bombeiros foi chamado e conseguiu apagar as chamas por volta da meia-noite. De acordo com a PM, não houve confronto com os policiais. Ninguém ficou ferido e não houve detidos. Até as 9h, a  Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) não havia se pronunciado sobre o problema.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.