Paralisação de 30 linhas de ônibus afeta deslocamento de 170 mil pessoas em SP

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

De acordo com a EMTU, ônibus de 30 linhas em Embu das Artes foram impedidas por bloqueio de trabalhadores

Agência Brasil

Cerca de 170 mil pessoas são afetadas nesta terça-feira (8) pela paralisação de motoristas e cobradores da viação Pirajuçara, que atende a municípios da Grande São Paulo. De acordo com a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), 30 linhas de ônibus que deveriam ter saído da garagem da empresa, em Embu das Artes, às 4h foram impedidas por um bloqueio na portaria feito pelos trabalhadores.

Leia mais:
Após 5 dias de greve, empresa de ônibus deixa de operar na zona oeste de SP

Everaldo Silva/Futura Press
Greve de motoristas e cobradores de ônibus da viação Pirajuçara, em frente à garagem da empresa, em Embu das Artes

A Emtu informou que está em negociação com a empresa Miracatiba, que faz parte do mesmo consórcio da Pirajuçara, para disponibilizar ônibus extras para suprir a demanda nas linhas com maior movimento. Por volta das 8h15, no entanto, a medida ainda não havia sido adotada. Além de Embu das Artes, as linhas atendem moradores dos municípios de Itapecerica e Taboão da Serra.

O órgão estadual informou ainda que a paralisação ocorre por questões internas, mas não detalhou os motivos. A empresa não confirmou as razões da greve.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas