Após protesto, Marginal Tietê é liberada

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Policiais usaram bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes, que revidaram arremessando pedras

Moradores de uma favela no bairro do Bom Retiro, região central de São Paulo, interditaram no início tarde desta sexta-feira (27),  as pistas expressa e local da Marginal Tietê em protesto por habitação popular. Após intervenção da Polícia Militar, as pistas foram liberadas por volta das 17h. Políciais usaram bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes, que revidaram arremessando pedras.

Mais: Termina protesto que interditou a Marginal Tietê em São Paulo

Futura Press
Protesto por moradia interdita Marginal Tietê na tarde desta sexta-feira (27)

Segundo a Polícia Militar, cerca de 70 moradores queimaram pneus e madeiras nas pistas nas proximidades da Ponte Governador Orestes Quércia, no sentido Ayrton Senna.

Apesar do fim do protesto e do bloqueio, a via ainda apresentava 31,7 quilômetros de lentidão às 17h, e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) recomenda que os motoristas evitem o trecho. Uma alternativa é o corredor formado pelas avenidas Ermano Marchetti e Marquês de São Vicente.

* Com Agência Brasil e Agência Estado

Leia tudo sobre: protestomarginal tietêigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas