Ferido esperava resgate e foi monitorado por ligações. Pernas da vítima estavam presas nos escombros

Um das vítimas soterradas após desabamento de um prédio em construção em São Mateus , zona leste de São Paulo, pediu ajuda dos bombeiros por ligações do seu celular. O acidente deixou mortos e dezenas de feridos nesta manhã. Segundo a corporação, a vítima era o operário Rubens Moreno, de 24 anos, e ele chegou a indicar onde estava. 

Entenda: Prédio em construção desaba e deixa ao menos seis mortos em SP

Durante uma ligação de até 1 hora, o operário mostrou estar nervoso e relatou que tinha os membros inferiores presos nos escombros. Ele foi resgatado três horas depois do desabamento com ferimentos nas pernas e cabeça. Segundo um dos bombeiros, o estado de saúde da vítima é bom diante da gravidade do acidente.

Veja imagens do desabamento na zona leste de São Paulo

O capitão Márcio César Carvevali foi o bombeiro responsável por seu resgate, que foi realizado às 11h20. Segundo o profissional, Rubens fez a ligação para um amigo que o colocou em contato com as equipes. No começo, a vítima estava nervosa e não soube indicar sua posição. 

Rubens foi encontrado após os bombeiros realizarem barulhos nas lajes destruídas. Pelo barulho e proximidade do som, a vítima pôde indicar a aproximação das equipes de resgate. O operário ficou soterrado embaixo de duas lajes do edifício.

Ao lado de Rubens, um segundo colega foi encontrado parcialmente consciente. Eles foram encaminhados ao pronto-socorro Santa Marcelina, na região do acidente. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.