Ministério Público faz vistoria na Fundação Casa após denúncia de tortura em SP

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Funcionários e diretor de unidade que aparecem em imagens foram afastados dos cargos nesta segunda-feira

Agência Estado

Após denúncia de tortura a internos, o Ministério Público de São Paulo faz na manhã desta segunda-feira (19) uma vistoria na Fundação Casa da Vila Maria, zona norte de São Paulo. De acordo com o órgão, dois promotores visitam o complexo, que abriga 521 menores infratores em suas quatro unidades. 

O caso: Fundação Casa afasta quatro após tortura de jovens em unidade de São Paulo

Reproduçao TV Globo
Imagens flagraram agressões em unidade da Vila Maria

Matheus Jacob Fialdini, promotor de Justiça da Infância e Juventude, é um dos representantes do MP que participa da vistoria.

Imagens exibidas neste domingo (18), pelo programa Fantástico, mostram funcionários torturando internos na unidade João do Pulo. O diretor da unidade, Wagner Pereira da Silva, e três funcionários que aparecem no vídeo - dois deles espancam os menores, enquanto um terceiro presencia o ato de violência - foram afastados da Fundação.

A Corregedoria-Geral da instituição também abriu uma sindicância para investigar a acusação.

Leia tudo sobre: fundação casaministério públicoigspsão paulo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas