Adolescente seduzia motoristas para roubar carros em Sorocaba, diz delegado

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo polícia, adolescente agia com violência e chegou a esfaquear um motorista no pescoço

Agência Estado

Uma adolescente de 17 anos confessou ter roubado dez carros depois de seduzir os motoristas em bairros nobres de Sorocaba. Para chamar atenção, ela usava roupas curtas e andava sozinha pelas ruas dos bairros Campolim e Santa Rosália. "Uns motoristas me chamavam e eu dava atenção, me fingia fácil. Depois era só roubá-los", disse a garota aos jornalistas que foram cobrir seu depoimento no 1º Distrito Policial de Sorocaba, na terça-feira (13).

Leia também: Dependente internado mata mãe durante visita em Sorocaba

Com a desculpa de que era menor e não poderia ir ao motel, a adolescente levava os motoristas para lugares ermos, onde eram assaltados. Ela usava uma mochila, para guardar uma espingarda com cano serrado ou uma faca, com as quais praticava os crimes. Dizia que ia retirar algo da mochila, de onde pegava a arma e rendia as vítimas.

"Era fácil enganá-los porque os homens são todos uns tarados", disse. "Mas nunca fiz sexo com eles porque me dava o respeito", continuou. Segundo a polícia, os carros eram vendidos para quadrilhas de desmanche e o dinheiro a menina usava para comprar maconha e se divertir.

Segundo a polícia, a adolescente agia com violência e num dos casos esfaqueou um motorista no pescoço. "Ele estava parando o carro e na hora enfiei a faca no pescoço dele. De uma menina ninguém desacredita. Tem que botar terror. Tem que acelerar mesmo", disse ela, na delegacia.

Mais: Menino de 7 anos participa de assalto em cidade do interior de São Paulo

A confissão da garota chamou atenção dos policiais. "Ficamos surpresos com a sedução e a forma violenta como ela agia", disse o delegado Sílvio Vicentin, do 1º DP.

A garota foi chamada para depor depois de confessar diversos crimes na semana passada, quando foi apreendida com drogas. Na ocasião ela não foi presa porque não se tratava de flagrante. Mas na terça-feira (13), chamada pelo delegado, a garota compareceu espontaneamente para depor. Confessou 20 roubos e foi reconhecida por um motorista e 10 vítimas de saídas de bancos e de roubos a residências e a estabelecimentos comerciais.

A adolescente também confessou que liderava um grupo com outros três adolescentes que a auxiliavam nos assaltos a estabelecimentos comerciais e casas.

Nas casas dos adolescentes, a polícia apreendeu oito quilos de maconha, pedras de crack e invólucros de cocaína. De acordo com a polícia, após a conclusão das investigações, o caso vai para a Delegacia da Infância e da Juventude (Diju) e Promotoria da Infância e da Juventude, que poderão pedir a internação da adolescente na Fundação Casa.

Leia tudo sobre: assaltossorocabasão pauloigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas