Diretor da instituição foi feito como refém e teve ferimentos graves na cabeça e nas costas

Internos começaram uma rebelião, no fim da manhã desta segunda-feira (12), na Fundação Casa de Itaquera, zona leste da capital paulista. O motim teve início depois que 59 jovens fugiram. Por volta das 16h, rebelião terminou com a liberação dos 29 funcionários que foram feitos de reféns. O diretor da instituição, Orlando Vieira Mendes foi ferido com gravidade e levado ao pronto-socorro mais perto da unidade com cortes na cabeça e hematomas nas costas.

De acordo com a Fundação Casa, dos internos que fugiram, 17 já foram recapturados. A instituição vai abrir uma sindicância para apurar as razões da rebelião. A unidade de Itaquera tem capacidade para 150 internos e contava com 103.

Leia mais:  Rebelião na Fundação Casa da Vila Leopoldina termina com entrada do Choque

Fundação Casa de Itaquera tem rebelião nesta segunda-feira (12)
Futura Press
Fundação Casa de Itaquera tem rebelião nesta segunda-feira (12)

Ainda nesta manhã, outra unidade da Fundação Casa, na zona oeste, também teve rebelião que só terminou com a entrada de policiais da Tropa de Choque.

De acordo com o corregedor-geral da Fundação Casa, Jadir Pires de Borba, 12 funcionários mantidos reféns, mas acabaram libertados sem ferimentos. Ele informou ainda que 100 menores infratores participaram do motim.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.