Termômetros registraram 4°C na capital paulista. Inmet diz que frio rigoroso deve continuar até sábado (27)

A cidade de São Paulo registrou mais um recorde de frio na madrugada desta quarta-feira (24). O Centro de Gerenciamento de Emergências (GCE) registrou por volta da 1h, 4°C em Parelheiros, distrito rural no extremo sul de São Paulo. A menor temperatura registrada era de 9ºC, ontem. Essa marca é a mais baixa desde 2000.

Leia sobre o frio em todo o País:
Frio segue intenso e mínima chega a -4,5°C em cidade do Paraná
RS enfrenta temperatura abaixo de zero

De acordo com informações do CGE, a tendência é de que a temperatura mínima na cidade não diminua mais, porém a sensação térmica pode chegar a 1°C.

Terça-feira:
Gelo bloqueia pelo menos três rodovias em Santa Catarina
Neve diminui e fortes geadas atingem municípios do RS; mínima foi de -4,2°C

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os paulistanos devem se prevenir e sair de casa bem agasalhados, pois o frio intenso continuará pelo menos até sábado (27). Até lá, as tardes terão temperaturas estabilizadas em torno de 10°C, esfriando um pouco mais durante as madrugadas.

Madrugada

Na última madrugada, a sensação térmica na avenida Paulista, era de -1°C, de acordo com informações do CGE. Já no aeroporto de Congonhas, a sensação térmica estave entre 1°C e -1°C, segundo a Redemet (Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica).

A sensação térmica é calculada de acordo com a temperatura no local e a velocidade do vento. Durante a madrugada desta quarta-feira, o termômetro marcava 5,3°C, com ventos de 4,3 m/s. Em Congonhas, a temperatura era de 6ºC, com ventos de 4,6 m/s.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.