Termômetros registram 9°C na capital paulista. Inmet diz que frio pode piorar e madrugada deve ter novo recorde

A cidade de São Paulo amanheceu mais fria nesta manhã. Termômetros registraram 9°C na estação do Mirante de Santana, na zona norte, recorde de temperatura nesta terça-feira. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o recorde anterior era de 10,2°C, registrado no dia 9 de maio deste ano. 

Frio de -7°C:  Acúmulo de gelo bloqueia pelo menos três rodovias em SC

Pedestre enfrenta frio e chuva no Brooklin, bairro da zona sul de São Paulo
Renato S. Cerqueira/Futura Press
Pedestre enfrenta frio e chuva no Brooklin, bairro da zona sul de São Paulo

De acordo com o meteorologista Marcelo Schneider, do Inmet, a têndencia é de que o frio seja ainda mais rigoroso no final do dia alcançando 7°C. A próxima madrugada, nesta quarta-feira (24), pode garantir um novo recorde e chegar a 6°C.

Ainda segundo o instituto, os paulistanos devem se prevenir e sair de casa bem agasalhados, pois o frio intenso continuará pelo menos até sábado (27). Até lá, as tardes terão temperaturas estabilizadas em torno de 10°C, esfriando um pouco mais durante as madrugadas. 

O meteorologista afirmou que o vento está relativamente fraco e por isso, a sensação térmica pode chegar no máximo a 8°C.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.