Polícia indicia suspeitos de roubar casas e ameaçar atear fogo em vítimas em SP

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Quadrilha ficava em estacionamentos e aguardava vítimas, preferencialmente mulheres que dirigiam carros de luxo

Três jovens suspeitos de pertencerem a uma quadrilha especializada em roubos a residências foram presos e indiciados pela Polícia Civil, ee acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP). Os indiciados foram descobertos por policiais da 1ª Divecar (Delegacia de Investigações sobre Furtos e Roubos de Veículos) quando apuravam o uso de automóveis de luxo em roubos.

Leia também: 
Após roubo, assaltantes colocam fogo e matam dentista em São Bernardo

Alice Vergueiro/Futura Press
Trio preso foi indiciado pela Polícia Civil em São Paulo

Segundo a SSP, o trio ameaçava atear fogo nos moradores jogando líquidos inflamáveis nas vítimas. Os jovens foram reconhecidos em três casos que ocorreram em junho.

Na ação em que foram presos, os PMs detiveram o cobrador C.G.S.F.S., de 20 anos, e o ajudante M.S.S., de 23. Um terceiro envolvido, o ajudante J.S.S., de 22, morreu na ação. O cruzamento das informações permitiu ligar o trio aos três casos investigados. Para identificar o quarto integrante do grupo, houve um trabalho de monitoramento de pessoas presas na região cujas características apresentassem semelhanças ao suspeito. 

O quarto suspeito, um jovem de 19 anos, foi preso por porte de arma no bairro Jaçanã, também localizado na zona norte. O trio foi levado para o Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) e foram reconhecidos pelas vítimas na última terça-feira (16).

A Polícia Civil afirmou que a quadrilha ficava posicionada em estacionamentos de supermercados, onde monitoravam os clientes. As vítimas escolhidas eram mulheres que dirigiam carros de luxo.

Leia tudo sobre: ssproubos a residênciasquadrilhapolícia civiligsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas