Houve troca de tiro com ao menos três disparos, mas testemunhas não confirmam se foi o ex-PM que reagiu

Agência Estado

Ainda não há pistas sobre os dois homens que invadiram o local
Nivaldo Lima/Futura Press
Ainda não há pistas sobre os dois homens que invadiram o local

O assalto a um bar em São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo, acabou com a morte do policial militar reformado Mauro Anami, de 56 anos, na noite de quinta-feira (11). Ainda não há pistas sobre os dois homens que invadiram o local por volta das 20h40.

Leia também:
Falsos clientes roubam joalherias em shopping
UTIs pediátrica perdem médicos na rede estadual de saúde em São Paulo

Segundo o dono, a dupla ordenou que os clientes fossem para o fundo do bar e que a porta fosse fechada. "A gente vai ver se tem policial aqui dentro", ameaçou um deles. Em seguida, houve troca de tiro com ao menos três disparos, mas testemunhas não confirmam se Anami reagiu - ele portava uma pistola e um revólver, que deflagrou dois projéteis.

A PM encontrou o ex-policial atingido no ombro ainda com vida, mas ele não resistiu a uma parada cardiorrespiratória e morreu a caminho do hospital. Os ladrões levaram apenas celulares e dinheiro dos clientes do bar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.