Protesto na Régis Bittencourt termina com manifestantes atropelados e confronto

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Ação fez parte do Dia Nacional de Lutas, organizado pelas centrais sindicais e movimentos sociais em todo o País

Agência Estado

Marcos Bezerra/Futura Press
Duas pessoas que estavam em uma marginal da rodovia foram atropeladas por um carro em alta velocidade

Uma manifestação bloqueou o tráfego nos dois sentidos da rodovia Régis Bittencourt, no acesso ao Rodoanel, altura do km 279, em Embu das Artes, nesta quinta-feira (11). Durante a interdição da pista, duas pessoas foram atropeladas e, por volta das 20h, a polícia entrou em confronto com os integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto para liberar a via.

Leia também:
Com militantes pagos, ato na Avenida Paulista reúne 7 mil pessoas
Protestos de centrais sindicais bloqueiam rodovias em mais de 10 estados

O ato começou no início da noite quando o grupo fechou a pista com barricadas de pneus em chamas. Por causa disso, o trânsito ficou complicado na região. Duas pessoas que estavam em uma marginal da rodovia foram atropeladas por um carro que vinha em alta velocidade. Elas foram atendidas no local.

No km 443, em Registro, no Vale do Ribeira, manifestantes também bloquearam durante uma hora as duas pistas. O congestionamento, no trecho, chegou a dez quilômetros - cinco quilômetros em cada sentido.

A Polícia Rodoviária Federal restringiu o tráfego no posto de policiamento de Registro, no km 439, para evitar o acúmulo de veículos no local do protesto. As duas pistas foram liberadas por volta 18h20, mas a lentidão persistia no trecho. A ação fez parte do Dia Nacional de Luta organizado pelas centrais sindicais e movimentos sociais.

Com informações da Agência Estado

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas