Caiçaras protestam contra a urbanização de duas praias de Ilhabela

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Manifestantes ocuparam os lugares reservados ao público na 40.ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela

Agência Estado

Os protestos que tomaram conta do País nas últimas semanas chegaram no último domingo (7), a Ilhabela, litoral norte de São Paulo. Pescadores tradicionais das praias de Castelhanos e Bonete, realizaram uma manifestação pela manhã durante a largada da 40.ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela.

Leia também: Praias selvagens de Ilhabela podem virar área urbana

Flickr/ Fernando
Com acesso por barco ou trilha, a tranquila Bonete, em Ilhabela (SP), tem quase um quilômetro de extensão

Divididos em dez canoas com cartazes, eles aproveitaram a maior competição de vela oceânica da América Latina para protestar contra a proposta da prefeitura de transformar as duas praias em zonas urbanas (hoje são zonas rurais).

Na noite de sábado (6), cerca de 200 pessoas já haviam protestado durante a cerimônia de abertura do evento no centro antigo da cidade. Os manifestantes, a maioria jovens, fizeram passeata e ocuparam os lugares reservados ao público.

O prefeito Antonio Colucci (PPS), que estava lá para abrir o evento, observou os protestos. Em seguida os manifestantes bloquearam durante 30 minutos a SP-131, única via que liga a ilha de norte a sul, impedindo que turistas chegassem até o centro.

A proposta de zoneamento da prefeitura ainda precisa ser avaliada pelo governo do Estado e passar por consulta pública para entrar em vigor. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: protestoilhabelaigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas