Forte incêndio atinge favela em Heliópolis e deixa três mortos

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Chamas foram controladas por bombeiros, que enviaram 24 viaturas à comunidade da Ilha, na zona sul de São Paulo

Um incêndio de grande proporção atingiu na madrugada deste domingo a comunidade da Ilha, favela na região de Heliópolis, zona sul de São Paulo, deixando três mortos e 19 feridos (três em estado grave) e 860 desabrigados. 

Após mais de 5 meses: Última internada da tragédia da Kiss deixa hospital

Futura Press
Bombeiros trabalham em local que pegou fogo em Heliópolis

Sem vítimas: Incêndio destrói parte do Mercado Público de Porto Alegre

De acordo com informações preliminares do Corpo de Bombeiros, que enviou 24 viaturas ao local, 50 moradias em uma área de 300 metros foi atingida pelas chamas. Isso fez com que 250 famílias perdessem suas moradias.

O incêndio, que começou por volta das 0h50 na altura do número 500 da Avenida Almirante Delamare e chegou a atingir parte de um hospital, foi controlado na manhã deste domingo. Segundo informações preliminares dos bombeiros, a área atingida pelas chamas era de 300 metros.

Por volta das 10 horas, segundo informações dos bombeiros via a rede de microblog twitter, a Defesa Civil e a Eletropaulo foram acionadas.

A princípio o atendimento aos feridos foi realizado no Pronto-Socorro Heliópolis. No entanto, a Defesa Civil não soube informar se eles continuam internados no local ou foram transferidos para outro hospital. Os três mortos (um homem, uma mulher e uma criança) tiveram os corpos carbonizados. Até o momento, não há informações sobre a identidade das vítimas.

De acordo com a Defesa Civil, a maioria dos desabrigados preferiu seguir para casa de parentes. Aqueles que não têm para onde ir estão sendo cadastrados pelas secretarias municipais de Habitação e Assistência Social. O atendimento inicial aos desabrigados está sendo realizado na quadra da Escola de Samba Imperador do Ipiranga, próximo ao local do incêndio. Ainda não há uma definição para onde eles serão levados.

As causas no incêndio ainda são desconhecidas. Segundo a Defesa Civil, esse esclarecimento só será pessível com o trabalho da perícia.

*Com Agência Estado

Leia tudo sobre: heliópolisincêndioigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas