São Paulo amanhece com novos protestos por moradia e reajuste salarial

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Estrada do M'Boi Mirim, sentido centro, e av. da Mooca sofreram bloqueios nesta manhã. Manifestantes ocupam o Terminal Jd. Ângela e protesto deve seguir para subprefeitura

Duas manifestações interditam vias da cidade de São Paulo nesta manhã de sexta-feira. Desde as 7h15, um grupo de cerca de 100 pessoas bloqueou parcialmente a estrada do M'Boi Mirim, no sentido centro, na zona sul da capital. A via, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), foi liberada às 10h.

Novo ato: Após morte, Ribeirão Preto marca nova manifestação nesta sexta
1 milhão de pessoas vão às ruas e vandalismo se espalha pelo País

Gabriela Bilo/Futura Press
Protesto por melhor transporte e reajuste salarial de metalúrgicos na Mooca, zona leste de São Paulo

Os manifestantes estão concentrados no Terminal Jardim Ângela e devem seguir até a subprefeitura de M'Boi Mirim. De acordo com a Polícia Militar o protesto - que pede melhores condições de moradia e infraestrutura, além da duplicação da via - é pacífico.

Na zona leste, aproximadamente 500 pessoas participam de uma manifestação do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo por melhores salários. A concentração do protesto começou um pouco antes das 8h, na altura do número 1700, na Mooca. O ato pacífico interdita a Avenida Presidente Wilson, também no sentido que leva à região central de São Paulo.

*com Agência Estado

Leia tudo sobre: igspprotestosmanifestaçãoreajuste salarial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas