Após morte, Ribeirão Preto marca nova manifestação nesta sexta-feira

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Atropelamento deixou um morto e dezenas de feridos ontem (20) à noite. Em luto, grupo pede "solidariedade e justiça" em novo ato marcado para 18h; suspeito é procurado pela polícia

Reprodução
Convocação para um novo ato circula nas redes sociais

Uma nova manifestação foi marcada nas ruas de Ribeirão Preto. O ato será realizado, às 18h, em luto pela morte do jovem de 18 anos, que foi atropelado por uma caminhonete durante o ato. Dezenas ficaram feridos na ocasião. A concentração da nova passeata será na Esplanada do Theatro Pedro II até o local do acidente, avenida João Fiúsa.

Entenda: Manifestante morre atropelado em protesto em Ribeirão Preto

1 milhão de pessoas vão às ruas e vandalismo se espalha pelo País

Uma montagem anunciando o protesto com a foto da vítima está circulando nas redes sociais. Com a hashtag "#VoltaPraRuaRibeirão". Na imagem, os manifestantes pedem justiça e solidariedade. "Queremos justiça! Sejam solidários! Vá de roupa preta, leve flores, velas e cartazes!", diz o grupo.

Veja o momento do atropelamento em Ribeirão Preto:

Durante as manifestações de quinta-feira, que tomou conta das ruas do País, um jovem de 18 anos morreu e outras 11 ficaram feridas após serem atropeladas por um veículo no cruzamento de duas avenidas na zona sul de Ribeirão Preto. Segundo a Polícia Militar, nove pessoas foram socorridas por ambulâncias do Samu. O motorista fugiu sem prestar socorro.

O protesto contava com cerca de 20 mil pessoas. Com megafones, os manifestantes gritavam "Vem pra rua!", slogan que virou hit nas ruas do País. Muita gente se uniu ao movimento, que começou com as pessoas cantando o Hino Nacional. Os manifestantes portavam cartazes, apitos, faixas e saíram fazendo muito barulho.

Suspeito é procurado

A Polícia Civil de Ribeirão Preto já realiza buscas para encontrar o suspeito de atropelar os jovens. Segundo testemunhas, que compartilharam fotos da Land Rover e do motorista, o atropelador seria Alexsandro Ichisato de Azevedo.

Há informações ainda que ele estaria disposto a se entregar na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Araraquara, cidade a uma hora, pois teme por sua integridade física.

Leia tudo sobre: ribeirão pretomorteprotestomanifestação

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas