Siga em tempo real a manifestação na região da avenida Paulista em São Paulo

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Acompanhe as últimas informações da passeata na região da avenida Paulista. Polícia calcula que 10 mil pessoas estão no local. Manifestação na capital é pacífica até o momento

Manifestantes criticam Pelé após declaração polêmica: "Eu calaria" . Foto: Carol MartinsRonaldo também foi alvo de protesto: "Gol contra". Foto: Carol MartinsPopulação caminha pela Avenida Paulista em protesto na capital. Foto: Futura PressJovens protestam contra a PEC 37 . Foto: Carol MartinsIrmã Fátima participou da manifestação com um time de irmãs: 'Estou aqui porque sou brasileira, estou aqui pelo amor, para colocar para fora todo o medo'. Foto: Iran GiustiA muçulmana Sarah Ghuraba, 25, foi à manifestação com amigas. Foto: Iran GiustiManifestante com a bandeira do Brasil em sétimo dia de protestos em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes protestam contra o Pastor Marco Feliciano, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara . Foto: Futura PressManifestantes rasgam bandeira do PT durante protesto na Avenida Paulista. Foto: Futura Press"Vândalo, você não nos representa", diz cartaz em manifestação de SP. Foto: Futura PressManifestação reúne milhares de pessoas em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes caminham na Avenida Paulista, em São Paulo. Foto: Futura PressCartazes pedem fim da PEC 37 que limita poder de investigação do Ministério Público. Foto: Futura PressJovem fica ferido em confronto entre manifestantes com partido e sem partido . Foto: Ricardo GalhardoManifestantes durante sétimo dia de protestos em SP. Foto: Futura PressMultidão toma conta da Avenida Paulista, em São Paulo. Foto: Futura PressManifestantes comemoram revogação do aumento da tarifa do transporte público que voltou a custar R$ 3. Foto: Futura PressO biólogo José Henrique Lemos, de 54 anos, filiado ao Psol, discutiu com manifestantes que queriam impedir que bandeiras fossem erguidas. Foto: Renan TruffiManifestantes no início do sétimo dia de protestos na capital paulista. Foto: Futura PressO ambulante Hugo Valentino aproveitou para vender camisetas com mensagens de "Fora Dilma" e "Joaquim Barbosa - Presidente do Brasil". Cada uma custa R$ 20. Foto: Vitor SoranoManifestantes pedem fim de corrupção. Foto: Futura PressSão Paulo enfrenta sétimo dia de manifestações. Foto: Futura PressGrupos de manifestantes com partido e sem partido chegaram a discutir em vários pontos da avenida. Foto: Renan TruffiManifestantes pedem impeachment de governantes. Foto: Futura PressManifestação interditou os dois sentidos da via. Foto: Futura PressPoliciais observam a manifestação na capital. Foto: Futura PressManifestação na frente da Estação do Metrô Santana. Foto: Futura Press

Os líderes do MPL: Jovens lideram manifestações e ganham projeção nacional
Quinta feira de manifestações:
Veja imagens dos protestos no Brasil

AVENIDA PAULISTA
Apesar do clima tenso entre os manifestantes, a polícia não está perto dos locais onde ocorrem os enfrentamentos. Segundo a PM, aproximadamente mil policiais estão destacados para fazer a segurança do local.
19h30

AVENIDA PAULISTA
Pelo menos um manifestante ficou ferido na cabeça em uma das brigas. Soltaram uma bomba bem perto do grupo com bandeiras, que correu pela alameda Campinas. Uma integrante do MPL condenou as brigas: "O MPL é um movimento apartidario e não anti-partidario. Tem grupos que a gente desconhece que estão tentando criar tensão na passeata. A gente defende que todos tem direito de ocupar as ruas, afirmou a socióloga Mariana Toledo.
19h15

AVENIDA PAULISTA
Empurra-empurra na altura da alameda Campinas. Manifestantes que não querem os partidos arrancaram algumas bandeiras do outro grupos e queimaram pelo menos uma. Os manifestantes chegaram jogar latas uns contra o outros.
19h06

AVENIDA PAULISTA
O bloco dos manifestantes filiados está caminhando em direção ao Paraíso. Atrás dele está outro grupo que grita "sem partido". Quando eles se encontram, trocam insultos. O bloco que carrega as bandeiras dos partidos grita: "Sem censura". Por vezes o clima ficou bastante tenso.
19h

AVENIDA PAULISTA
Multidão se concentra em frente a TV Gazeta, onde estouram fogos de artificio. Eles gritam: "Isso é s o começo". 
18h56

AVENIDA 23 DE MAIO
Manifestantes que tinham descido para a avenida 23 de Maio liberaram a via. Eles voltaram para a avenida Paulista.
18h35

10 MIL PESSOAS
A Polícia Militar calcula que 10 mil manifestantes estão na avenida Paulista. Mil policiais fazem a segurança do local
18h28

AVENIDA 23 DE MAIO
Alguns manifestantes que estavam na avenida Paulista seguiram para a avenida 23 de Maio e fecharam o trânsito. Não há policiamento no local. Os integrantes do Movimento Passe Livre também não estão junto a esse grupo.
18h

AVENIDA PAULISTA
O biólogo José Henrique Lemos, de 54 anos, filiado ao Psol, discutiu com manifestantes que queriam impedir que bandeiras fossem erguidas: "Esse é um espaço democrático, cabe evangélico, anarquista, o que não dá é passar essa falsa ideia de que 100% das pessoas aqui são contra os partidos", defendeu enquanto era hostilizado.
17h49

AVENIDA PAULISTA
Na disputa entre partidos, logo atrás de um grupo com bandeiras do PT, há uma faixa de "Fora, Dilma". Mas também há uma grande faixa "Fora, Alckmin" carregada por militantes do Juntos, ligado ao Psol.
17h42

AVENIDA PAULISTA
Grupos de manifestantes com partido e sem partido discutem em vários pontos da avenida. Em alguns casos, grupos partidários tiveram que seguir para outras ruas da região.
17h35

AVENIDA PAULISTA
Com a redução da tarifa conquistada, um dos novos bordões passou a ser "a tarifa abaixou, mas a luta não acabou". Os alvos preferenciais passaram a ser a PEC-37, que limita o poder de investigação do Ministério Público.
17h32

AVENIDA PAULISTA
Um grupo de manifestantes caracterizados com camisetas e bandeiras do PT chega a avenida Paulista e é vaiado. Parte dos manifestantes grita: "Ih, fora!, Ih, fora!, Ih, fora!"17h27

AVENIDA PAULISTA
A maior parte dos manifestantes começa a marchar na passeata na avenida Paulista, no sentido Paraíso. Os dois sentidos da via estão interditados. Após o anúncio da prefeitura e do governo do Estado da revogação da passagem, a manifestação começa com menos integrantes. Um grupo menor segue concentrado na praça do Ciclista.
17h19

PREÇOS DAS PASSAGENS
Além da capital paulista, nove cidades da Grande São Paulo baixaram para R$ 3 a passagem de ônibus: Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Osasco, Santana de Parnaíba, Mauá, Ferraz de Vasconcelos e Guarulhos.
17h05

AVENIDA PAULISTA
De acordo com a Polícia Militar, a concentração na praça do Ciclista, que fica no cruzamento da avenida Paulista com a rua da Consolação, tem aproximadamente 1.500 pessoas. O trânsito já está complicado no sentido Paraíso.
17h01

AVENIDA PAULISTA
O número de pessoas na região da praça do Ciclista ainda é bem menor do que na concentração das outras passeatas da semana. A polícia está presente nas redondezas da avenida.
16h36

SP - AVENIDA PAULISTA
A avenida Paulista, na capital paulista, está fechada nos dois sentidos entre rua Bela Cintra e e a rua da Consolação. Manifestantes já se concentram na região.
16h36

PROTESTOS PELO BRASIL
Mais de 120 cidades brasileiras dever realizar protestos nesta quinta-feira em todo o País. A maior parte dessas cidades estão no Estado de São Paulo.
16h30

Leia tudo sobre: protestomanifestaçãoaumento das passagensmpligsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas