Profissionais que cobriam as manifestações também foram alvo das balas de borracha e das bombas de gás dos policiais

Repórteres fotográficos que trabalharam na cobertura dos protestos em São Paulo na última quinta-feira fizeram um ato de desagravo hoje na Catedral da Sé, centro de São Paulo, contra as agressões sofridas por parte da imprensa durante as manifestações do Movimento Passe Livre. Muitos profissionais, mesmo com crachás de imprensa, foram alvo da Tropa de Choque, que atirou balas de borracha e bombas de gás contra eles. Um dos fotógrafos, Sérgio Andrade da Silva, corre risco de ficar cego do olho esquerdo.

Fotógrafos fazem ato no centro de São Paulo para protestar contra excessos da PM na última manifestação
Leo Pinheiro / Futura Press
Fotógrafos fazem ato no centro de São Paulo para protestar contra excessos da PM na última manifestação


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.