Ferroviários e CPTM acabam reunião sem acordo

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Trabalhadores têm 48h para se posicionar em relação a proposta feita pelo Tribunal Regional do Trabalho

Agência Brasil

Trabalhadores da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e representantes dos ferroviários fizeram uma reunião no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) nesta quarta-feira (12) que terminou sem um acordo. 

Claudia Tozetto/iG
Sindicatos em estado de greve e que participam das negociações são responsáveis pelas linhas 8, 9, 11 e 12

A empresa recusou a proposta do tribunal e os funcionários realizarão uma assembléia ainda hoje para tomar uma decisão.

Leia também: Metrô e CPTM têm reunião para discutir aumento e evitar greve em SP

O TRT fez um apelo para que os trabalhadores representados pelos sindicatos dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias de Transporte de Passageiros da Zona Sorocabana e dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona da Central do Brasil não façam greve antes do julgamento da questão pelo tribunal.

Os trabalhadores têm 48h para se manifestarem formalmente sobre a proposta de hoje, para que o TRT profira sua decisão.

Após reajuste, funcionários do Metrô desistem de fazer greve em São Paulo

Os dois sindicatos em estado de greve e que participam das negociações são responsáveis pelas linhas 8, 9, 11 e 12 dos trens metropolitanos. Mais dois sindicatos que representam os funcionários do restante das linhas aceitaram a proposta da CPTM.

Leia tudo sobre: cptmgrevesindicatos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas