Em quatro meses, quase 800 quilômetros de fiação foi roubado em São Paulo

Por Maria Fernanda Ziegler - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Prefeito Fernando Haddad afirma que prejuízo com os furtos está estipulado em cerca de R$ 6 milhões

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, afirmou nesta terça-feira (4) que 788 quilômetros de fiação foram roubados na cidade de São Paulo nos quatro primeiros meses de 2013. "É preciso confirmar, mas isto significa um prejuízo de R$ 6 milhões", disse o prefeito em coletiva de imprensa durante o New Cities Summit, evento que acontece de 4 a 6 de junho, no auditório do Ibirapuera.

Leia também:
Estudo aponta São Paulo como cidade que mais evoluiu em competitividade mundial
São Paulo vive no 'fio da navalha', diz Haddad em evento internacional na cidade

Renato S. Cerqueira/Futura Press
Prefeito Fernando Haddad participa de solenidade de abertura do seminário New Cities Summit

Os dados são de um estudo que foi foi encaminhado nesta segunda-feira ao prefeito. Os cabos usados na fiação de iluminação pública têm interesse comercial por serem feitos de cobre. De acordo com o prefeito, os furtos interferem na segurança da cidade. "Os furtos comprometem a efetividade da nossa ação em relação à iluminação pública e segurança. Não podemos ficar enxugando o gelo", disse.

Mais: Polícia Militar encontra R$ 104 mil enterrados no interior de SP

Haddad, que recebeu o relatório ontem, afirma que os furtos registrados em boletins de ocorrência aconteceram em todas as áreas da cidade. "Esse tipo de crime não é visto como tão grave do ponto de vista patrimonial, mas ele tem consequências na segurança pública como um todo", disse.

Haddad afirmou também que o aterramento dos cabos não é a solução para o problema. "A maioria dos casos não é de cabos aéreos, é em cabos enterrados", disse.

Leia tudo sobre: roubo de fiossão pauloigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas