Ônibus e metrô sobem para R$ 3,20 amanhã em São Paulo

Por Agência Estado - |

compartilhe

Tamanho do texto

Dilma publicou uma Medida Provisória para reduzir impostos que impedissem que a passagem fosse fixada em R$ 3,30, ao invés de R$ 3,20

Agência Estado

Divulgação
Quem recarregar o Bilhete Único até este sábado vai economizar

As tarifas de ônibus, metrô e trem em São Paulo, que hoje custam R$ 3, vão subir neste domingo, 2. A partir da zero hora do domingo, começará a ser cobrado o novo valor de R$ 3,20. Para garantir o reajuste de 6,7%, abaixo da inflação, a presidente Dilma Rousseff assinou nesta sexta-feira, 31, Medida Provisória (MP) que reduz para zero as alíquotas de dois tributos federais, o PIS e a Cofins, sobre as passagens de transporte urbano em todo o País.

Leia também: Grupo protesta contra aumento da passagem de ônibus

Conforme Dilma havia prometido ao prefeito Fernando Haddad (PT), a MP saiu publicada em uma edição extra do Diário Oficial da União que circulou na sexta-feira, 31, à noite. A passagem foi fixada em R$ 3,20, em vez de R$ 3,30. Dessa forma, ela reduziu o impacto do reajuste sobre a inflação, um dos focos de preocupação do governo.

Como o aumento das tarifas de transporte passará a valer a partir deste domingo, quem recarregar o bilhete único neste sábado, 1º, ainda conseguirá o preço antigo. Neste domingo, 2, também sobe o valor da integração para quem pega ônibus e algum meio de transporte sobre trilhos.

Outro aumento programado para começar a valer no domingo é o dos ônibus intermunicipais das Regiões Metropolitanas de São Paulo e da Baixada Santista. Segundo a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU), cada linha terá seu próprio aumento, mas a média será de 7,5%. A lista completa dos novos preços está no site http://www.emtu.sp.gov.br. 

Leia tudo sobre: igsppassagembilhete únicoreajustedilmafernando haddadônibusmetrôcptm

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas