Copiloto morto em acidente de avião levava bilhete da filha: 'Volta logo, papai'

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Aeronave caiu nesta quarta-feira (29) em Sorocaba no interior de São Paulo. A queda causou também a morte do piloto Cauan Zuccoli Michelino, de 30 anos. Os corpos já foram liberados

Agência Estado

Fernando Rezende/Futura Press
Aeronave levantou voo de Sorocaba e caiu minutos depois. Ao tocar a fiação elétrica, o avião pegou fogo

Entre os destroços do avião anfíbio que caiu nesta quarta-feira (29) em Sorocaba, os bombeiros encontraram um bilhete da filha do copiloto Fernando Bondezan Albuquerque, de 34 anos, morto no acidente, com a mensagem: "Volta logo, papai". O bilhete foi escrito pela mulher do aviador e continha ainda uma declaração de amor: "Obrigada por ser esse grande homem, esse pai maravilhoso. O marido que sonhei! Agradeço a paciência... Você é tudo em nossas vidas, um amor verdadeiro e muito forte." O cartão, que estava junto com a carteira funcional de Albuquerque, foi entregue à família do morto.

Siga em tempo real o trânsito nas estradas neste feriado

O acidente causou também a morte do piloto Cauan Zuccoli Michelino, de 30 anos. Os corpos foram liberados nesta quinta-feira (30) pelo Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba. O corpo de Cauan foi levado para o Cemitério do Horto Florestal, na cidade de São Paulo, onde o piloto residia. O corpo de Bondezan seguiu para o Cemitério Parque dos Girassóis, em Guaianases, também na capital.

Leia também:
Clientes de bar matam assaltante a pauladas na zona norte
Mortes nas estradas de São Paulo aumentam de janeiro a abril

O avião monoturbo anfíbio, de prefixo PP-XLR, levantou voo do aeroporto de Sorocaba e caiu minutos depois no Jardim São Guilherme, zona norte da cidade. Ao tocar a fiação elétrica e o solo, a aeronave pegou fogo. As chamas atingiram duas casas, mas os moradores não se feriram. Uma delas foi interditada pela Defesa Civil. 

O avião, de fabricação americana, passou por manutenção numa oficina de Sorocaba e seria levado para o Aero Clube de Jundiaí. A assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira (FAB) informou que o aparelho era uma aeronave experimental. As causas do acidente são investigadas pela Polícia Civil.

Leia tudo sobre: GERALqueda de aviãoSorocabaSão Paulomorteaeronave

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas